Quilombo Passo dos Brum de São Sepé será cenário de curta-metragem

O projeto “Kiriku vai aos quilombos” irá realizar 06 apresentações gratuitas da peça “Kiriku – a lenda do menino guerreiro” em 6 comunidades remanescentes de quilombos da Região central.
Em São Sepé, no Quilombo Passo dos Brum, será produzido um curta-metragem documental. Serão oferecidas oficinas de produção audiovisual na comunidade e bolsas de incentivo para os produtores de cultura local.
O projeto é realizado com incentivos da Lei Aldir Blanc que visa socorrer o setor cultural em meio à pandemia. A lei inclui, também, que a verba chegue a comunidades quilombolas e é objetivando que os recursos da lei cheguem ao interior do interior e nas comunidades remanescente de quilombos que o projeto propõe bolsas para os moradores do quilombo fazendo com que os recursos beneficiem comunidades nas quais dificilmente o recurso chegaria devido às burocracias que os editais impõem.
Visto que a constituição federal em seu Artigo 215 garante “a todos o pleno exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura nacional, e apoiará e incentivará a valorização e a difusão das manifestações culturais”. Bem como em seu §1 “O Estado protegerá as manifestações das culturas populares, indígenas e afro-brasileiras, e das de outros grupos participantes do processo civilizatório nacional”. Assim, o projeto garante aos povos remanescentes de quilombos o acesso à cultura produzida através de fomento financeiro do estado, bem como valoriza e propõe um meio de proteger e fomentar a cultura e os saberes dos quilombos através da produção de um curta-metragem de conteúdo cultural local, valorizando, assim, suas formas de viver, fazer e ser no mundo indo ao encontro dos pressupostos do parágrafo 1º citado acima. Contribuindo, assim, com a inclusão social desses povos na produção cultural do estado, direito dado pela constituição.
O documentário que será produzido no quilombo Passo dos Brum em São Sepé buscará preservar a memória dos moradores locais e da história do quilombo perpetuando em obra audiovisual a história da comunidade. A previsão de seu lançamento é para Abril de 2021.
O projeto visa, ainda, apresentações nas comunidades, onde o público não é tão grande, havendo menos aglomerações do que uma apresentação em uma cidade grande, por exemplo. As comunidades por estarem no interior possuem menos risco de contaminação entre si, e a equipe tomará todos os cuidados referentes à prevenção de contágio de COVID-19. O projeto possui exames de COVID para toda equipe, e todos serão testados antes de irem às comunidades, bem como será usado máscaras e será evitado o contato direto com os moradores locais, as apresentações serão ao ar livre e a distância, objetivando a preservação e a criação de barreiras anti-Covid-19.
Sobre a peça: A peça “Kiriku – a lenda do menino guerreiro” montada em 2015 foi uma das primeiras peças no Estado voltada ao público infanto-juvenil com protagonismo de atores negros. Buscamos com essa peça trazer referenciais afro-brasileiros ao universo infanto-juvenil e adulto. A peça conta uma lenda africana e constrói sua estética a partir de referências estéticas afro-brasileiras, como cantos, músicas, ritmos, danças e visualidades.
Comunidades que receberão as apresentações da peça:
São Sepé: Passo dos Brum
Formigueiro: Quilombos: Timbaúva; Passo dos Brum (de Formigueiro); Passo dos Maia; Maria Joaquina.
Caçapava do Sul: Quilombo Picada das Vassouras
Redes Sociais:
https://www.facebook.com/kirikualenda/
Instagram: kirikualenda

Vai começar o Carnaval de São Sepé

Na manhã desta segunda-feira, 8 de fevereiro, o auditório da Fundação Cultural Afif Jorge Simões Filho sediou uma reunião com os presidentes das escolas de samba do São Sepé e representantes da Fundação Cultural, onde foram planejadas ações para o decorrer do ano e para o Carnaval 2022.
A conversa teve como objetivo manter as escolas ativas durante todo o ano de 2021, com atividades para criar atrativos para a comunidade sepeense e promoções para obter recursos financeiros.
Para o Presidente da Fundação Cultural e Vice-Prefeito de São Sepé, Fernando Vasconcellos, “o planejamento dessa festa tão democrática não pode acontecer às vésperas do evento, mas sim durante o ano todo. Ações que criem iniciativas das próprias escolas, agregam colaboradores e permite ofertar um carnaval divertido e seguro, para que se tenha em São Sepé o que muitas pessoas buscam fora da cidade, deixando de fomentar a economia local”.
Na ocasião, estiveram presentes: Fernando Vasconcellos, Vice-Prefeito e Presidente da Fundação Afif Jorge Simões Filho; Lucas Cirolini, Diretor Cultural; Sofia Corrêa, Diretora de Eventos; Magda Rodrigues,Presidente da Escola de Samba União da Lagoa; Gilberto Assis, Presidente da Escola de Samba os Kanalhas; Odete Borba, Presidente da Escola de Samba Imperadores do Ritmo e Silmar Santos, Presidente da Escola de Samba Imperatriz.

Educação participa capacitação para novos técnicos e gestores educacionais

A Secretaria de Educação participará durante toda essa semana, de uma capacitação para novos técnicos e gestores educacionais através da FNDE em Rede. O evento acontece entre os dias 8 a 11 de fevereiro e será dividido em dois momentos; o primeiro expositivo, quando os técnicos apresentarão os conceitos, funcionamentos e objetivos dos programas educacionais do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; e o segundo momento, quando os técnicos, por meio de uma sala de bate-papo, poderão sanar as dúvidas gerais.
O público-alvo são os novos gestores e técnicos municipais de educação e cidadãos que exerçam funções de gestão, execução, monitoramento, prestação de contas e controle social dos recursos orçamentários dos programas e ações financiados pelo FNDE, como profissionais de educação de rede pública de ensino, técnicos, gestores públicos estaduais, municipais e escolares.
Confira a programação:
Dia 08/02
09h às 9h30 – Abertura
09h30 às 10h30 – Palestra Políticas Públicas Educacionais 10h30 às 11h30 – Plano de Ações Articuladas – MEC
14:30h às 15h30 – Plano de Ações Articuladas – FNDE
15h30 às 16h30 – Dúvidas PAR – FNDE
16:30h às 17h30 – Obras
17h30 às 18h30 – Dúvidas Obras
Dia 09/02
9h às 10h30 – Novo Fundeb 10h30 às 12h – Dúvidas Fundeb
14h às 15h – SIOPE
15h às 16h – Dúvidas SIOPE
16h às 17h – Programas Suplementares
17h às 18h – Dúvidas Programas Suplementares
Dia 10/02
9h às 10h30 – Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE 10h30 às 12h – Dúvidas Nacional de Alimentação Escolar – PNAE 14h30 às 15h30 – Programa Dinheiro Direto na Escola – PDDE
15h30 às 17h – Dúvidas Programa Dinheiro Direto na Escola – PDDE
Dia 11/02
9h às 9h45 – Caminho da Escola
9h45 às 10h30 – Duvidas Caminho da Escola
10h30 às 11h15 – Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar – PNATE 11h15 às 12h – Duvidas Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar – PNATE 14h às 15h – Programa Nacional do Livro e do Material Didático – PNLD
15h às 16h – Dúvidas Programa Nacional do Livro e do Material Didático – PNLD 16h às 17h – Prestação de Contas – SIGPC
17h às 18h – Dúvidas Prestação de Contas – SIGPC

SMEC realiza acolhimento de volta às aulas

A pandemia veio como um desafio e nos obrigou a viver em isolamento social. Com o fechamento das escolas, estudantes e educadores vivenciaram experiências completamente novas e inesperadas.
Assim como em diversas cidades do Rio Grande do Sul, a Secretaria Municipal de Educação de São Sepé trabalha para retomar as atividades nas escolas a partir de março. Pensando nisso, um acolhimento de volta às aulas foi realizado nesta quinta-feira, 4 de fevereiro, na Fundação Cultural Afif Jorge Simões Filho.
No período da manhã, a ação foi voltada para atendentes de creches, monitores de apoio às crianças, diretores e secretárias de escolas. À tarde, reuniu motoristas, cozinheiros, serviços gerais e demais funcionários da SMEC. O link do meet foi disponibilizado para profissionais dos grupos de risco que não puderam comparecer ao evento.
O encontro foi organizado para apresentar a nova equipe da secretaria e orientar os presentes sobre as medidas de segurança que deverão ser tomadas nas escolas. De acordo com a Secretária de Educação, Márcia Aires, desde o início a SMEC trabalha pensando no recomeço das aulas da rede municipal, estadual e particular de São Sepé.
Em um primeiro momento, a secretaria adotará o modelo híbrido de educação – com turmas divididas em um revezamento entre aulas presenciais e remotas. Com a proposta, um grupo de estudantes acompanha a aula presencial na escola e outro grupo participa da mesma aula, simultaneamente, de maneira remota. As atividades serão escalonadas, com redução de 50% dos alunos presentes em sala, intercalando o grupo a cada 3 dias. “A secretaria irá respeitar os direitos das famílias que optarem por não mandar as crianças para a escola. As mesmas, receberam todo o suporte das aulas, assim como já foi realizado durante o ano de 2020”, destacou Márcia.
Após os primeiros 20 dias de aula, serão avaliados os números de casos de Coronavírus no município, havendo assim, a possibilidade de mudar novamente o calendário escolar. Ainda conforme Márcia Aires, foi solicitado no Estado a antecipação da vacina contra o vírus para os profissionais da educação.
Na ocasião, as educadoras especiais Ronise Venturine Medeiros e Jordana Lima conversaram sobre a importância de toda equipe de trabalho na vida das crianças e criaram estratégias de convívio pós-pandemia. Também ocorreu uma conversa sobre os cuidados dentro das escolas, com a representante da Coordenação Epidemiológica de São Sepé, Caroline Gonçalves.
Na sexta-feira, 5, acontece um novo encontro com diretores de escolas, para orientações sobre o retorno das atividades escolares.

Pólo de Educação sediará aulas do curso Pré-Vestibular Popular

O Vice-prefeito e Presidente da Fundação Cultural, Fernando Vasconcellos, esteve reunido na manhã desta terça-feira, 2 de fevereiro, com a Secretária de Educação, Márcia Aires; integrante das equipes e a coordenadora do Pólo de Educação Sepé Tiaraju, Elsa Gass, visitando as instalações do Pólo. Na ocasião, conversaram sobre as atividades e adequações do local.
De acordo com o vice-prefeito, a administração buscará novas parcerias para a criação de cursos de graduação, pós-graduação e cursos técnicos. No local, será implantado o projeto Pré-Vestibular Popular.
Em breve, serão divulgadas mais informações sobre as aulas do cursinho preparatório para o vestibular.

Diretoria do Sindicato Rural busca parceria para retomar Projeto Jovem Aprendiz em São Sepé

Na manhã desta segunda-feira, 1 de fevereiro, o prefeito João Luiz Vargas; vice, Fernando Vasconcellos e a Secretária de Educação, Márcia Aires, receberam a visita da diretoria do Sindicato Rural de São Sepé. O presidente, José Aurélio Silveira e o vice, Giovane Machado buscam apoio para retomar o Projeto Jovem Aprendiz no município.
O programa que acontece em São Sepé a 5 anos, deve voltar às atividades nos primeiros dias de março com aproximadamente 50 alunos.
“É importante firmar uma parceria entre o Sindicato e a Prefeitura, para criar ações em conjunto e pensar no melhor para nossa comunidade” destacou José Aurélio. Na reunião, também foram apresentados os cursos do Senar, discutido sobre as estradas do interior e a possibilidade de uma nova faculdade em São Sepé.
Sobre o Projeto Jovem Aprendiz:
Separados em dois turnos, os alunos passam por 800 horas de capacitação profissionalizante. A iniciativa é oferecida gratuitamente pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado (Senar-RS) a jovens de 14 a 24 anos que vivem no meio rural. O espaço para as aulas é cedido pelo Sindicato Rural de São Sepé.
O curso é de longa duração e dividido em etapas como informática básica, gestão rural, manejo da cultura de arroz, aplicação correta e segura de defensivos agrícolas, boas práticas de manejo em bovinos de corte e colheitadeiras. Os jovens têm cotas em empresas rurais do município e região, com contratos de trabalho que apresentam todos os direitos estabelecidos em lei. Dessa forma, o programa Jovem Aprendiz facilita o ingresso dos alunos no mercado de trabalho, sem prejudicar a escolaridade formal.
Recebem certificado de Qualificação Profissional de Aprendizagem Rural aqueles que tiverem frequência mínima de 80% nas aulas.

Reunião com a 8º CRE trata sobre início do ano letivo em São Sepé

Na tarde desta sexta-feira, 29 de janeiro, o Prefeito Municipal de São Sepé, João Luiz Vargas, Vice-prefeito, Fernando Vasconcellos e a Secretária Municipal de Educação, Márcia Aires, estiveram reunidos com o Coordenador da 8º CRE – Coordenadoria Regional de Educação, responsável pela área de Santa Maria, José Luis Viera Eggres.
O encontro teve como objetivo principal, a preparação das escolas municipais e estaduais para o início do ano letivo, pensando sempre no cenário da pandemia. A parceria entre o município e o estado é de suma importância para alinhar ações como transporte escolar e agenda.

Projeto de Educação Sanitária visa conscientização

Na manhã desta quinta-feira, 28 de janeiro, o fiscal agropecuário Rômulo Depner, da Inspetoria de Defesa Agropecuária, esteve na Secretaria de Educação para falar sobre o Projeto de Educação Sanitária nas Escolas. O projeto já existe nos municípios de Santa Maria e Formigueiro e visa conscientizar sobre a procedência dos alimentos que são consumidos.
O objetivo é fornecer capacitações aos profissionais da Educação sobre quais cuidados tomar e, após, repassar os ensinamentos aos estudantes. O foco são as escolas rurais, mas as escolas da sede também podem participar.
Entre os assuntos abordados no projeto estão: orientações sobre o bem-estar animal; higiene; inspeção sanitária em produtos de origem animal e zoonoses. Depner apresentou a proposta à secretária Márcia Aires Morais e à professora Gabrieli Gazen, coordenadora das Séries Finais das Escolas Sede- Matemática e PIA. A secretária demonstrou interesse e haverá uma nova reunião para uma apresentação mais formal.
Foto: Adriana Aires
A. I. Secretaria de Educação

Programa União Faz a Vida é tema de encontro

Na manhã desta quarta-feira, 27 de janeiro, o Prefeito Municipal, João Luiz Vargas; Vice-Prefeito, Fernando Vasconcellos; Secretária de Educação, Márcia Aires e a Coordenadora Municipal do PUFV e Ensino Fundamental – Escolas Sedes, Lucélia Brum, se reuniram com representantes da Sicredi, para discutir o trabalho desenvolvido no município através do Programa União Faz a Vida.
O encontro foi uma forma de dar boas vindas para a nova administração e alinhar as ações da Cooperativa e da Secretaria para o ano de 2021.

44 Secretários de Educação participam de reunião virtual para planejar ano de 2021

Na última terça-feira, 26 de janeiro, a Secretária Municipal de Educação, Márcia Aires Morais e a Secretária Adjunta, Gisele Vargas, participaram de uma reunião virtual.
O encontro contou com a participação da doutora Rosângela Côrrea da Rosa, Promotora Regional de Educação, e dos 44 secretários e secretárias municipais da abrangência da PREDUCSM.
Este foi o primeiro encontro do ano e o objetivo era que os secretários se conhecessem e firmassem laços para a construção de ações para o ano de 2021.
A. I. Assessoria Comunicação Educação
Fotos: Adriana Aires